28 de jul de 2017

O olho do tempo: abertura para o novo

Espaço mágico criado para o evento cósmico "dia fora do tempo" celebrado no centro de xamanismo matricial Paz Géia, juntamente com o aniversário da excelentíssima mestra Carminha Levy.

Para entrar no observatório além do tempo, cada um bebia uma dose do floral do Alaska "Começar de novo". A visão do olho do tempo era também mediada por um óculos caleidoscópico.


 








3 comentários:

empório disse...

Adriana, se me permiti, gostaria de fazer-lhe uma pergunta, que ainda não obtive resposta, sobre Alice nos País das Maravilhas. Há um trecho, supostamente do livro, disseminado na internet, que seria um diálogo entre Alice e o Coelho: "Alice: Quanto tempo dura o eterno?
Coelho: Às vezes apenas um segundo!"

Este diálogo não aparece no livro. Você sabe me dizer de onde surgiu isso?
Obrigado!

Adriana Peliano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Adriana Peliano disse...

Caro Empório,

saudações alicedélicas!

interessante sua pergunta, também tenho essa curiosidade mas ainda não descobri a fonte dessa citação tão repetida e reproduzida. As pessoas associam a relação entre tempo e paradoxo com Lewis Carroll e apartir daí nã questionam mais se o texto está de fato presente na obra literária.

São dezenas de citações na internet supostamente encontradas nos livros de Alice de Lewis Carroll, mas que não são. Muitas delas foram tiradas dos filmes e animações, em especial o clássico da Disney e os filme recentes dirigidos ou produzidos pelo Tim Burton.

Se você encontrar essa resposta por favor me diga!